Potencial do Festival Internacional do Tambaqui é comprovado em mais uma edição em Rondônia - Impacto Rondônia

Potencial do Festival Internacional do Tambaqui é comprovado em mais uma edição em Rondônia


Em Porto Velho, o evento aconteceu no estacionamento do Palácio Rio Madeira

Porto Velho, RO - O potencial do 4º Festival Internacional do Tambaqui da Amazônia foi comprovado em mais uma edição realizada pelo Governo de Rondônia no domingo (15). Foram assadas 10 mil bandas de Tambaquis, simultaneamente em 14 cidades rondonienses, e a população teve a oportunidade de saborear uma das principais iguarias do Estado.

Em Porto Velho, o evento aconteceu no estacionamento do Palácio Rio Madeira – PRM, onde diversas equipes estiveram reunidas e atuando, desde o preparo para assar e embalar, até a distribuição dos Tambaquis aos compradores. Nas demais cidades, o evento aconteceu em pontos diversos, incluindo unidades de órgãos estaduais e entidades do setor privado.

Consumidora do Tambaqui aproveitou o evento para garantir o almoço da família

Participando pela primeira vez do evento, a moradora da Capital, Gisele Fernandes, aproveitou o domingo para garantir o almoço da família. “Fiquei muita animada em vir prestigiar essa ação, e ao mesmo tempo, agradecida pelo Governo do Estado estar promovendo este momento especial para a população”, comentou.

Semelhante às edições anteriores, a distribuição das bandas assadas ocorreu no formato drive thru, dinamizando o atendimento ao público. O Festival, que já é considerado uma tradição no Estado, visa fomentar a promoção da qualidade do pescado e de sua cultura alimentar, contribuindo também para o desenvolvimento socioeconômico.

Presente no Festival, o governador de Rondônia, Marcos Rocha destacou a importância do evento. “Temos divulgado o Tambaqui de Rondônia em todo o Brasil e em outros países, permitindo que as pessoas possam degustá-lo e assim comprovar a qualidade do produto.

Essa conquista é fruto das políticas públicas que temos desenvolvido no Estado, e que já garantiu resultados satisfatórios, como a premiação do Melhor Produto Foodservice [serviço de alimentação], realizado em Boston, e o reconhecimento do Instituto Nacional da Propriedade Industrial – Inpi, na categoria “Indicação de Procedência”, ressaltou.

O titular da secretaria de Estado de Agricultura – Seagri, Luiz Paulo, comentou sobre a integração de diversas secretarias para a realização do Festival. “Nas últimas semanas estivemos atuando em conjunto com diversas secretarias de Estado e entidades parceiras, que contribuíram para o sucesso do Festival. Assim, temos a certeza de que essa ação proporcionará muito mais abertura dos mercados nacional e internacional, levando uma das melhores iguarias do nosso Estado”, enfatizou.

Participaram dessa etapa os municípios de Porto Velho, Machadinho do Oeste, Cujubim, Ariquemes, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Cacoal, Pimenta Bueno, Rolim de Moura, Alta Floresta do Oeste, Vilhena, Mirante da Serra e Costa Marques. Todos os municípios contaram com o trabalho logístico da Seagri.

O evento é realizado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Agricultura, Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater, Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia – Idaron, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico – Sedec e Associação de Criadores de Peixes do Estado de Rondônia – Acripar. E tem como parceiros o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Rondônia – Sebrae, e a Associação Brasileira de Criadores de Tambaqui – Abratan.

ARRECADAÇÃO

A banda do peixe assado foi vendida pelo valor de R$ 20 e todo dinheiro arrecadado com a venda será doado para instituições beneficentes do Estado, destacando o Festival como uma ação que vai além do incentivo ao consumo do Tambaqui, mas que se estende como uma ação solidária.

Recursos arrecadados serão revertidos em doação para instituições beneficentes do Estado

A escolha das entidades beneficiadas de cada município foi feita pelos organizadores locais do evento. Em Porto Velho, a entidade beneficiada é o Hospital Santa Marcelina, que atua de forma filantrópica por meio de diversos serviços à comunidade rondoniense.

EDIÇÕES

A 1ª edição do Festival aconteceu em 2017, e contou com duas mil bandas de Tambaqui assado, em Ariquemes, cidade com destaque na produção de peixes em Rondônia. Em 2018, houve um aumento e passou para 3,3 mil bandas vendidas, desta vez em Ji-Paraná. Em 2019, foram comercializadas 3.304 bandas; e no mesmo ano, o evento também aconteceu em nível nacional, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Nos anos seguintes o evento só cresceu e passou a ser realizado em outras localidades. O Festival do Tambaqui atingiu 10 municípios em 2020, com 4.230 bandas do peixe. Em 2021, foram 31 cidades, além da participação de unidades da federação, que totalizaram mais de 34 mil bandas do produto. Ano passado, Rondônia realizou o Festival em 10 cidades rondonienses e em Nova Iorque nos Estados Unidos, com 10 mil bandas assadas.

INTERNACIONAL

Mercado internacional é o próximo destino da divulgação do Tambaqui de Rondônia

A potencialidade do Tambaqui de Rondônia vem conquistando o mercado internacional, fator que tem promovido o pescado fora do Brasil. É o que acontecerá mais uma vez com a edição do Festival em Miami, capital da Flórida, nos Estados Unidos, a ser realizado no dia 26 de outubro.

O encontro será em formato de almoço de negócios, direcionado a um público com interesse comercial, tornando-se uma oportunidade de atração de investimentos para o Estado. Evento semelhante acontecerá em São Paulo, reunindo chefs, proprietários de restaurantes, representantes comerciais, indústrias e influenciadores, todos comprometidos em discutir a cadeia produtiva do pescado.


Potencial do Festival Internacional do Tambaqui é comprovado em mais uma edição em Rondônia Potencial do Festival Internacional do Tambaqui é comprovado em mais uma edição em Rondônia Reviewed by Da Redação on outubro 16, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.