Em tempos de Chat GPT, LivID facilita a prova de vida mostrando benefícios da IA - Impacto Rondônia

Em tempos de Chat GPT, LivID facilita a prova de vida mostrando benefícios da IA

Aplicativo utiliza a inteligência artificial de forma evolutiva trazendo conforto a aposentados e pensionistas brasileiros

O sucesso do Chat GPT está rondando a cabeça de todos sobre os avanços e limites da inteligência artificial (IA). Mas a IA está mais inserida em nossas vidas do que pensamos e uma de suas vantagens é encontrada no LivID, o aplicativo de prova de vida que facilita a vida de mais de 300 mil brasileiros segurados da previdência. Entre as empresas atendidas pela solução da Gateware estão a Fundação Refer, ITAÚSA, Petros, Raízen e Casa da Moeda.

"Temos que encarar os avanços da IA como uma criança que está sendo treinada por nós. Ferramentas com funções similares ao Chat GPT já existiam e podemos pensar entre elas o próprio LivD, que vem evoluindo a cada dia com novas interações", explica o arquiteto de softwares da Gateware Adilson Cruz.

É interessante o ponto em que a tecnologia cresce a partir dos ensinamentos do caráter humano de uso das ferramentas. É por isso que tanto o Chat GPT e outros softwares da Google, Tesla e Microsoft quanto o LivID são instrumentos que se apropriam da IA para apresentar facilidades de uso a partir do que as pessoas precisam e desejam em um processo contínuo. "É importante que as pessoas não tenham medo de utilizar as ferramentas, porque é o uso que faz elas evoluírem", pontua o programador.

O LivID, portanto, se trata de uma derivação em uma solução de Prova de Vida para validar que um segurado está realmente vivo. "É a interação humana que vem fazendo com que a IA venha ganhando corpo", explica Adilson.

Potenciais do LivID com a IA ocorre no Reconhecimento Facial

No caso da ferramenta de Prova de Vida, uma das partes que mais se aprimorou ao longo do seu uso foi a leitura das fotos, pois a solução tem o seu principal ponto no Reconhecimento Facial. "Nessa situação, o objetivo foi ensinar ao app as posições em que uma pessoa tira uma foto e como a pessoa se comporta no ambiente para fazer o liveness, o que valida que ela está viva, se movimentando", conta. Ele também salienta que o aposentado, com a tecnologia, não se sente invadido, mas sim prestando uma informação relevante, de uma forma confortável e que permitirá que ele continue recebendo o benefício de direito.

Rastreamento de informações é outro fator de validação para o municiamento de dados para que o LivID realize a prova de vida. Nesse sentido, a IA é utilizada com fins de segurança e acuracidade das informações. "Isso porque o LivID faz o cruzamento dos dados disponíveis em APIs de órgãos públicos, tudo dentro dos princípios da LGPD. Assim, a IA junta esses dados de diferentes fontes e apresenta um resultado 100% confiável", ressalta o especialista.

E, sobre o futuro que a IA apresenta à humanidade, o programador é otimista e acredita que há um ponto de mutação que vai provocar apenas mudanças que façam sentido para todos no dia a dia. "A tendência, por exemplo, é que a IA se agregue aos setores de serviços e promova a evolução de forma longitudinal. Haverá a evolução das carreiras, fazendo com que os atendimentos acompanhem as mudanças, aumentando, inclusive, a inteligência das pessoas e trazendo melhores rendimentos no mercado de trabalho", avalia, acreditando no equilíbrio das relações sociais e econômicas.

Fator humano é sempre essencial

O desenvolvimento do LivID, por meio da funcionalidade visual, faz com que o app aparente ser uma pessoa ao indicar o passo a passo para a realização da Prova de Vida. "Parece que, toda a vez que o segurado faz o procedimento, tem alguém do outro lado da tela acompanhando. O que é concebido justamente para que as interações sejam resolutivas aos problemas que eventualmente surjam, colocando a fundação de previdência privada em contato da forma mais direta possível com o segurado. E isso é um benefício para o maior contato humano por meio da inteligência ali embarcada, o que traz retorno e economia pela agilidade, agregando valor à relação entre fundação e cliente pelo tempo e investimento", finaliza.

Sobre a Gateware – Focada em tecnologia e inovação, a Gateware foi fundada em 2000. Com matriz localizada em Curitiba, no Paraná, também possui unidades em São Paulo, Rio de Janeiro, Argentina e EUA. Atualmente conta com mais de 170 funcionários e atua em quatro suítes: GW Value Strategy (PMO Gestão de Projetos, GMO Gestão de Mudanças e Business Agility), GW Outsourcing (Alocação e Hunting de Profissionais de TI), GW Solution (Aplicativo LivID que realiza Prova de Vida e Recadastramento Digital por meio do reconhecimento facial e inteligência artificial, e a Consulta de Óbito em todo território nacional) e GW Labs (Fábrica de Softwares Multiplataforma).

Em tempos de Chat GPT, LivID facilita a prova de vida mostrando benefícios da IA Em tempos de Chat GPT, LivID facilita a prova de vida mostrando benefícios da IA Reviewed by DA REDAÇÃO on junho 13, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.