ESCOAMENTO Orçamento para infraestrutura de logística é o maior desafio de 2023, diz Edeon Vaz - Impacto Rondônia

ESCOAMENTO Orçamento para infraestrutura de logística é o maior desafio de 2023, diz Edeon Vaz



Porto Velho, RO - O ano de 2023 para a infraestrutura de logística brasileira chega com vários desafios. O principal é o baixo orçamento da União voltado para a infraestrutura do país.

O assunto é o tema do quadro “Retrospectiva 2022/Perspectivas 2023” do programa Mercado & Companhia desta quinta-feira (5).

“O Ministério da Infraestrutura tem pouco recurso no orçamento. Nós temos um problema sério de manutenção das rodovias federais não concessionadas. O orçamento do Ministério é muito pequeno e esperamos que o governo aporte mais para que toda a malha rodoviária seja recuperada”, pontua o diretor-executivo do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz.

+Falta de logística ameaça escoamento da safra de soja em Nobres

De acordo com Vaz, a manutenção das rodovias federais auxiliaria na redução de custos com o frete do transporte de cargas.

“O frete é mais caro, porque o caminhão leva mais tempo para percorrer o trecho por ele estar em más condições. O custo com manutenção, pneus, combustível aumentam”, frisa.

Outro ponto destacado pelo diretor-executivo do Movimento Pró-Logística, que pode auxiliar na redução dos custos com o frete, é a disponibilização de recursos para a ampliação da capacidade de armazenamento nas propriedades rurais.


Foto: Pixabay

Avanço no setor ferroviário marca 2022


O ano de 2022 para o setor logístico brasileiro foi de conquistas, em especial quanto a aprovação lei das autorizações ferroviárias, que permite a realização de concessões estaduais e federais, apesar da paralisação realizada pelo Supremo Tribunal Superior (STF) quanto ao andamento da Ferrogrão, que conta com uma extensão de 933 quilômetros, ligando Sinop (MT) até o porto de Miritituba (Itaituba), no rio Tapajós, no Pará.

+Obras da Ferrovia de Integração Estadual de Mato Grosso são lançadas

A expectativa do Movimento Pró-Logística é que em 2023 seja liberada a licitação da obra.

“É uma ferrovia de extrema importância, porque ela vai ser o nosso grande balizador do valor do frete. Mato Grosso no futuro vai passar a ter a Ferrogrão, a Ferronorte chegando em Lucas do Rio Verde, um outro trecho da Ferronorte entre Santa Rita do Trivelato e Sinop e vamos ter a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico) chegando em Água Boa”, diz Edeon Vaz.

Ainda conforme Vaz, as estimativas quanto a Fico é que a ferrovia chegue em Água Boa dentro de cinco anos.

Fonte: Por Viviane Petroli
ESCOAMENTO Orçamento para infraestrutura de logística é o maior desafio de 2023, diz Edeon Vaz ESCOAMENTO Orçamento para infraestrutura de logística é o maior desafio de 2023, diz Edeon Vaz Reviewed by Da Redação on janeiro 06, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.