Abertura do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré é definida para 31 de abril - Impacto Rondônia

Abertura do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré é definida para 31 de abril


Durante três meses, a administração do local será feita em conjunto, pela Prefeitura de Porto Velho e a empresa Amazon Fort

Porto Velho, RO - A primeira etapa de abertura do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré foi definida pela Prefeitura de Porto Velho para o dia 31 de abril. O monumento histórico recebeu uma ampla revitalização que começou em 2018, e em junho de 2023 passou a ser gerenciado pela Amazon Fort, empresa vencedora da licitação pública de concessão do espaço.

Durante os três primeiros meses de abertura do Complexo, a gestão do museu e do anexo da EFMM será feita pela Prefeitura de Porto Velho. Já a Amazon Fort fica responsável pela manutenção e conservação. Após este período, a empresa assume a operação total do local.

Na segunda-feira (18), equipes de diversas secretarias municipais realizaram uma visita técnica no local, acompanhados de representantes da Amazon Fort, e também de servidores do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). No encontro, foram discutidas as atribuições e contribuições que serão dadas pelos agentes envolvidos no gerenciamento do complexo.


Foram investidos cerca de R$ 30 milhões na revitalização do Complexo

Lilian Leite, diretora de Desenvolvimento Socioeconômico da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur), explicou que a secretaria estará responsável pela gestão do museu, organizando a programação de visitas, o credenciamento e a capacitação de guias turísticos que apresentarão o espaço para a população.

"O intuito desta visita, basicamente, foi fazer um evento teste, onde a gente trouxe um guia de turismo cadastrado na Setur, para saber quantos minutos a gente demora nessa visita, quais são as abordagens, saber exatamente quantas visitações a gente consegue fazer em cada período, para que a gente possa mensurar isso no plano. Nossa equipe vai fazer esse estudo para apresentar uma proposta mais viável que deve ser implementada de maneira a atender a comunidade”, explicou.

PROGRAMAÇÕES CULTURAIS

Além da programação do museu, o Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré também será palco de diversas apresentações culturais e artísticas, promovidas pela Fundação de Cultura do município de Porto Velho. O planejamento da Funcultural é que projetos de incentivo e valorização da cultura sejam realizados no local.


Os interiores dos galpões também receberam melhorias

“A Fundação Cultural tem na sua lista inúmeros projetos, como o “Arte no Entardecer”, “Cultura Itinerante” e “Cultura Viva". São ações que acontecem já no nosso município de Porto Velho, e também são levadas aos distritos. A Fundação Cultural lançará mão em um ou dois desses projetos para termos aqui durante esses três meses de gestão, para que nós possamos sempre ter atrativos da cultura local à disposição do turista, do visitante da Madeira-Mamoré”, compartilhou Altair Santos, diretor de patrimônio da Funcultural.

REVITALIZAÇÃO

Para resgatar a história e a estrutura do Complexo, que é considerado o marco zero da capital, cerca de R$ 30 milhões foram investidos, valor proveniente de compensação ambiental da hidrelétrica de Santo Antônio e de recursos próprios do município.

A estrutura engloba três galpões, espaço destinado a restaurantes, museu com acervo que conta a história da ferrovia, mezanino com vista para o Rio Madeira, quiosques, pista de caminhada, área verde e estacionamento para mais de 200 carros. Toda a obra foi supervisionada e seguiu as orientações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).



Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


Abertura do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré é definida para 31 de abril Abertura do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré é definida para 31 de abril Reviewed by ... on março 20, 2024 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.