Nota de apoio da FENAJUD à presidente do SINJUR Gislaine Caldeira; Vídeo - Impacto Rondônia

Nota de apoio da FENAJUD à presidente do SINJUR Gislaine Caldeira; Vídeo

Observe-se que o fato de a diretora presidente do SINJUR estar tentando cumprir a lei e o estatuto, ou seja, deliberação em assembleia, só prova a idoneidade dela.



Sindicatos são entidades representativas de classe que defendem seus interesses em qualquer esfera de poder, seja na relação contratual, quase sempre desigual e geradora de conflito entre o capital e o trabalho, seja diante dos problemas comuns da categoria.

São, pois, organizações modeladas, com regimentos próprios e estão sempre prontas a negociar, resgatar direitos, e oferecer serviços e benefícios exclusivos para atender às necessidades de seus associados.

Além disso, também prestam apoio da natureza, por exemplo, de assessoria jurídica, celebram convênios, auxiliam no tratamento de saúde de seus associados, entre outros, e tudo o mais que se relacione ao seu bem-estar.

Como qualquer entidade do gênero, os sindicatos são compostos de pessoas dotadas de idoneidade e que cumprem rigorosamente o papel que lhes é destinado, tudo em rigorosa obediência ao seu Estatuto que, em Assembleia Geral, tenha sido aprovado pela maioria de seus membros.

O recente e lamentável episódio ocorrido nas hostes do SINJUR, no momento tumultuado de uma nova eleição, onde numa diretoria de oito pessoas, três membros fazem parte de um grupo dissidente, tudo no fragor da disputa das eleições que sufragarão os futuros dirigentes da entidade, deu-se devido ao fato de a diretora presidente exigir o cumprimento estrito do estatuto da entidade.

Esse fato, por si só, prova a idoneidade da dirigente do SINJUR de Rondônia.

Sobre as imagens que guarnecem as atividades de um órgão público, estas são confidenciais, protegidas por lei, disponibilizadas a qualque tempo para as autoridades, mas não podem vazar, sob nenhuma hipótese, sujeitando o agente autor do delito às penas da lei.

Sua divulgação se constitui em crime, se vazadas sem autorização superior de dirigente investido na função, e dos organismos de segurança do poder judiciário.

Observe-se que o fato de a diretora presidente do SINJUR estar tentando cumprir a lei e o estatuto, ou seja, deliberação em assembleia, só prova a idoneidade dela.

A FENAJUD – Federação Nacional dos Servidores do Judiciário dos Estados, acompanha o excelente trabalho desenvolvido pela presidente do SINJUR e coordenadora, na Região Norte, da Entidade, Gislaine Caldeira, e presta seu irrestrito apoio pela sua liderança e pelo trabalho e lisura desenvolvidos até agora durante sua gestão.
Nota de apoio da FENAJUD à presidente do SINJUR Gislaine Caldeira; Vídeo Nota de apoio da FENAJUD à presidente do SINJUR Gislaine Caldeira; Vídeo Reviewed by Da Redação on novembro 11, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.