Processo de licitação para ponte binacional entre Brasil e Bolívia é suspenso - Impacto Rondônia

Processo de licitação para ponte binacional entre Brasil e Bolívia é suspenso


Dnit informou que pedido de revisão do projeto foi feito pelo governo boliviano. Edital de licitação estava previsto para ser divulgado nesta sexta-feira (22)

Porto Velho, RO - O processo de licitação para as obras de construção da ponte que vai ligar Brasil e Bolívia foi suspenso pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit). Segundo o órgão, a medida foi tomada para a revisão de alguns parâmetros do projeto.

A construção de uma ponte binacional foi anunciada em julho deste ano pelo Governo Federal e vai integrar as obras do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), inaugurado em agosto.

O empreendimento será realizado sobre o rio Mamoré ligando as cidades de Guajará-Mirim (RO), no Brasil, e Guayaramerín, no departamento boliviano do Bêni. A ponte deve agilizar a exportação de produtos da Região Norte e Sudeste do país para a Bolívia, Peru e Chile, sendo também essencial para a saída para o pacífico.

Nesta sexta-feira (22), o Dnit informou ao g1 que decidiu suspender a licitação para continuar com as tratativas junto ao governo boliviano, que solicitou a revisão de algumas partes do projeto. A articulação está sendo realizada junto ao Governo Federal.

Ponte Binacional


Porto de Guajará-Mirim, RO — Foto: Reprodução/Leonardo Mendes

O Governo Federal anunciou no dia 17 de julho a abertura da licitação para contratar a empresa que será responsável pela construção da ponte internacional que irá interligar o Brasil à Bolívia.

O aviso de licitação publicado no Diário Oficial previa a contratação de uma empresa para execução das obras da Ponte Internacional sobre o rio Mamoré, na rodovia BR-425.

O início da ponte será na cidade de Guajará-Mirim e a sua extensão vai até a cidade de Guayaramerín, na Bolívia. O edital para contratação da empresa estava previsto para ser liberado pelo Dnit nesta sexta-feira (22).

A proposta para criação da ponte foi enviada pelo Governo de Rondônia, recentemente entre as cinco propostas prioritárias que foram entregues na Plenária Estadual do Plano Plurianual (PPA) participativo.

A idealização da construção vem sendo feita há cerca de 15 anos e desde então, comissões de elaboração e incentivo são realizadas.

Obras do Novo PAC

O Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) anunciado em agosto deste ano pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai investir R$ 29,6 bilhões em obras em Rondônia.

No conjunto de projetos contemplados, alguns já haviam divulgados pelo governo federal, como a construção da Ponte Binacional, que ligará o Brasil à Bolívia. Além disso, outras obras foram anunciadas, como:

Travessia Urbana de Ji-Paraná;
Aeroporto de Ji-Paraná;
Moradias do Minha Casa, Minha Vida.

No estado, o maior investimento será na parte de educação, ciência e tecnologia, onde R$ 14,7 bilhões serão investidos. A segunda área será a de transportes, onde R$ 5 bilhões serão investidos.

Fonte: G1


Processo de licitação para ponte binacional entre Brasil e Bolívia é suspenso Processo de licitação para ponte binacional entre Brasil e Bolívia é suspenso Reviewed by Da Redação on setembro 25, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.