Com a Corrida da Independência, Governo de Rondônia reforça compromisso com o esporte e qualidade de vida da população - Impacto Rondônia

Com a Corrida da Independência, Governo de Rondônia reforça compromisso com o esporte e qualidade de vida da população


Primeira Corrida da Independência reúne competidores na Capital de Rondônia

Porto Velho, RO - Com a combinação de superação, solidariedade, esporte e lazer, foi realizada neste domingo (3), em Porto Velho, a primeira edição da Corrida da Independência, que faz alusão aos 201 anos que o Brasil tornou-se uma nação soberana. O evento faz parte da programação da Semana da Pátria em Rondônia, e contou com a participação de 550 inscritos de diversos municípios rondonienses.

A solidariedade ocupou o pódio, pois os participantes se inscreveram mediante doações de sangue e de alimentos não perecíveis, alcançando como resultado a arrecadação de mais de 700 bolsas de sangue para salvar vidas e ultrapassando uma tonelada de alimentos doados, que serão destinados às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

O evento foi realizado por meio da parceria entre o Governo de Rondônia, com ações da Casa Militar e Secretaria de Estado da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer – Sejucel, e a 17ª Brigada de Infantaria de Selva, com mais diversos apoiadores. O diretor Administrativo da Casa Militar, Paulo Antunes da Silva destacou que, a corrida deve ganhar visibilidade nacional, e se tornar um atrativo turístico e esportivo. “Essa foi a primeira corrida meia-maratona, a intenção é que seja incluída no calendário esportivo nacional com a realização de outras edições, celebrando sempre a Semana da Pátria.

O apoio do Governo ao evento busca fortalecer os valores cívicos, e fomentar o esporte e turismo em Rondônia. Quando essa corrida estiver inserida no calendário nacional, deverá atrair atletas de outros estados para Rondônia, elevando o nome do Estado a nível nacional e até internacional”, afirmou.

População parabenizou a valorização do esporte em Rondônia

O comandante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, general Flávio Mathias destacou que, o Exército já tem por tradição realizar eventos em datas importantes para o Brasil, e a Corrida da Independência reúne parceiros com o objetivo comum de valorizar o esporte e promover a solidariedade.

“Tivemos a ideia de realizar esse evento esportivo na Semana da Pátria, e levamos ao Governo de Rondônia que prontamente se colocou à disposição para trabalharmos juntos, com o objetivo de valorizar o desporto e a saúde, e ainda propôs o incremento da ideia de que a inscrição fosse feita com doação de sangue e alimentos”, ressaltou.

O secretário da Sejucel, Júnior Lopes, reforçou que a parceria para a realização da Corrida da Independência é uma orientação do governador Marcos Rocha, a fim de incentivar e promover o esporte no Estado. Foram investidos pelo Governo de Rondônia R$ 50 mil para a organização do evento.

“Durante esses nove meses tivemos investimentos bastante significativos no Esporte. São mais de 900 atletas apoiados pelo Governo de Rondônia. Na Corrida da Independência, o atletismo ganhou força, e acreditamos estar no caminho certo, reforçando as ações voltadas ao esporte no nosso Estado”, concluiu o secretário, que é atleta e também participou da corrida.

ESPORTE

Pódio masculino da modalidade meia maratona

A corrida de rua contemplou as modalidades individuais de 5km, 10km e 21km (meia maratona), divididas em categorias feminina e masculina e por faixas etárias. O trânsito foi devidamente organizado para segurança dos competidores, que ainda contaram com pontos de hidratação, espaço de massagem e distribuição de lanches. Todos os participantes receberam medalhas e os primeiros colocados, troféus.

A primeira largada aconteceu às 5h30, direto da 17ª Brigada de Infantaria de Selva. O 1° sargento de Infantaria, Rogério Costa de Souza, ficou em primeiro lugar na modalidade de 21km, na faixa etária dos 40+. “Foi uma experiência muito boa e diferente, com participação de militares e civis. Uma corrida acolhida pela população rondoniense. Fico muito feliz de ter participado, sou militar e sirvo na 17ª Brigada, tenho corrido desde 1997 quando ainda era soldado. Estou com 46 anos, e venho incentivando as pessoas a praticarem atividades física”.

Pódio feminino da meia maratona

Entre as mulheres, destacou-se na modalidade de 21km, na faixa etária 40+, a psicóloga Josenilde Lima. “Foi uma corrida maravilhosa, uma prova difícil, desafiadora e com um resultado excelente, melhor do que eu esperava. A corrida surgiu como um escape em um momento muito difícil da minha vida, meu pai estava passando por uma doença muito grave, e correr me faz acreditar que podemos superar muitos desafios, considero uma vitória cada chegada”, contou.

SUPERAÇÃO

O evento também reuniu amigos e familiares interessados em superar seus próprios recordes em competições, mas principalmente ultrapassar os obstáculos da vida. Pessoas com esclerose múltipla, autismo e com deficiências, não só participaram da corrida, como fizeram a diferença ao levar a mensagem que, com determinação é possível se superar e inspirar as pessoas ao redor.

Bacharel em Direito, Júnior Cahulla, 34 anos, participou da corrida em um triciclo adaptado. O atleta nasceu de oito meses, teve duas paradas respiratórias após o nascimento, o que prejudicou a coordenação motora, principalmente nos membros inferiores.

Há quase dois anos Júnior está envolvido no clube da corrida, e treina duas vezes na semana. O atleta destacou a importância de ter uma corrida no próprio Estado onde nasceu e reside, e o quanto o esporte o ajuda, principalmente a socializar. “Essa prova específica foi ótima, pois nunca tinha corrido em Rondônia.

Pude perceber o calor humano das pessoas e isso foi o que me motivou da largada à chegada. Já representei Rondônia em outro estado, mas participar aqui é especial. Eu quis os 21km, trajeto mais distante, para que outros corredores especiais se inspirem, e também porque estou feliz de estar correndo em Rondônia”.

A Laura inspirou a criação do projeto Levados por Eles

O atleta faz parte do projeto Levados por Eles, idealizado pelos pais de Laura Tenório, de 16 anos, Marqueis Machado e Samara Tenório. “A Laura não consegue falar, mas a gente percebe a alegria de estar participando da corrida.

O projeto nasceu de uma necessidade nossa, como pais, de praticar esporte. A Laura não tinha como ficar em casa, então começamos a trazê-la com caldeira de rodas, depois conhecemos o triciclo e compramos “, disse Machado, e ressaltou, o que começou em família está se expandindo para outros corredores especiais de Porto Velho e também de Cacoal.

Outra corredora que chamou atenção foi Luma Ribeiro, 28 anos, com muita disposição para competir, e com um cartaz que transmitia a mensagem que, esclerose múltipla não é um obstáculo para quem quer realizar seus sonhos. “Em fevereiro, recebi o diagnóstico de esclerose múltipla que mudou a minha vida.

Nesse período, estava me preparando para a minha primeira corrida, mas com toda a correria para exames e tratamento, tive que adiar. Graças à Deus, estou bem, tive essa oportunidade na Corrida da Independência, e foi um desafio. Pelo tratamento e pela minha saúde, já é uma grande vitória. Incentivo a todos a vencerem seus desafios, independente da suas dificuldades. Além do meu marido, que também corre, um rapaz diagnosticado com esclerose múltipla e pratica ironman, foram meus motivadores”, salientou.

MOTIVAÇÃO

Luma Ribeiro incentiva todos a vencerem suas dificuldades

Os motivos por traz de cada corredor variam, mas todos carregam algo em comum, o pensamento de ultrapassar os desafios encontrados no caminho. Para a professora de Pilates, Rosi Vasconcelos, 51 anos, uma chuva deu início a um novo estilo de vida.

“Eu estava com a minha filha, distante um quarteirão de casa quando começou a chover, corri para casa, mas quase ‘infartei, então percebe que faltava preparação física. Comecei a correr e já faz 23 anos, sempre aumentando os quilômetros percorridos, já cheguei a ultramaratona”, comemora ela, que conquistou mais de 130 troféus e mais de 300 medalhas.

SEMANA DA PÁTRIA

A comemoração da Semana da Pátria em Rondônia teve início na sexta-feira (1°), com cerimônia de hasteamento da Bandeira Nacional e do Estado, acendimento da pira, na área central do Palácio Rio Madeira – PRM, sede do Governo de Rondônia e encerra com o desfile de 7 de Setembro. De acordo com o diretor da Casa Militar, Clodomar Rodrigues, o desfile do 7 de setembro vai acontecer no período da manhã, a partir das 8h, no trajeto da Avenida dos Imigrantes, no trecho entre as Avenidas Prefeito Chiquilito Erse (antiga Rio Madeira) e Avenida Jorge Teixeira. Estudantes de 11 escolas estaduais e quatro municipais participam do desfile. Em seguida também farão parte as forças militares, como Marinha do Brasil – MB, Exército Brasileiro – EB, Força Aérea Brasileira – FAB, Polícia Federal – PF e Polícia Rodoviária Federal – PRF, Polícia Militar – PMRO, Corpo de Bombeiros Militar – CBMRO e outros órgãos de Segurança, estaduais e municipais. Encerrando com o desfile de entidades civis, como instituições religiosas, maçonaria e bombeiros civis.

Confira mais fotos na galeria, acessando o link.


Com a Corrida da Independência, Governo de Rondônia reforça compromisso com o esporte e qualidade de vida da população Com a Corrida da Independência, Governo de Rondônia reforça compromisso com o esporte e qualidade de vida da população Reviewed by Da Redação on setembro 04, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.