Depressão é objeto de discussão na Comissão de Saúde da Alero - Impacto Rondônia

Depressão é objeto de discussão na Comissão de Saúde da Alero


Deputada estadual Cláudia de Jesus recebeu o procurador Reginaldo Trindade

Porto Velho, RO - A reunião da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa (ALE) da manhã desta terça-feira (30) foi transformada em Audiência de Instrução Legislativa pela presidente, deputada estadual Cláudia de Jesus (PT).

Na ocasião o procurador geral da República, Reginaldo do Trindade, falou sobre a doença que considera “o mal do século”, que é a depressão. Ele lidera no Estado o Movimento de Depressivos Conhecidos (MDC), que visa ajudar pessoas que estejam contaminadas pela doença, que mata milhares de pessoas no mundo.

Após transformar a comissão em Instrução Legislativa, a presidente Cláudia de Jesus alertou sobre a importância do projeto do procurador Reginaldo, e adiantou que os deputados estão dispostos a ajudar a iniciativa de Trindade, “pois nosso mandato tem a missão de consolidar as políticas públicas no Estado”.

Membro da comissão e pessoa que já passou por depressão, após um sério acidente de carro na campanha política de 2022, o deputado Alan Queiroz (Podemos), falou com emoção sobre os perigos da depressão no humano. “Na época do Covid-19 tivemos problemas de depressão na família e também passei por isso no pós- acidente”.

Segundo Alan Queiroz, é necessário inserir leis no parlamento contra esse mal do século, que atinge, inclusive, a comunidade escolar, onde a depressão tem muito a ver, por isso a necessidade de um acompanhamento psicológico permanente nas escolas. “Tratar é essencial, mas prevenir é o caminho”, ponderou.

Procurador geral da República, pessoa com amplo trânsito junto a todas camadas da sociedade, Reginaldo Trindade disse que está livre da depressão desde 24 de janeiro deste ano. Ele agradeceu o apoio dos deputados citando Cláudia e Alan, membros da comissão e dos demais parlamentares, que abriram o espaço para ele convocar a sociedade a participar do seu projeto, o MDC, pois a depressão é mais letal que o câncer, que provoca compaixão, pena, dó. “A depressão não, pois é uma doença da alma” e a maioria população, “acha que é frescura, mas não é, pois mata uma pessoa a cada 40 segundos no mundo”.

Trindade disse que está convocando pessoas de todas as classes, políticos, jogadores de futebol, artistas, juízes, promotores de Justiça, desembargadores para colaborar com o MDC. “Todos que tenham Deus no coração, pois somente quem sofre com a doença sabe como é difícil sair e, muitos não conseguem, porque precisam de ajuda e nem sempre têm”.

A depressão é considerada o mal do século, porque envolve o DNA, o sangue e atinge a todos, não importa se criança, jovem, adolescente, idoso, rico, pobre, gordo, magro, bonito, feio. “Estou livre da doença, por um propósito de Deus”, por isso disse estar empenhado na luta para salvar as pessoas depressivas, pois somente com amor é possível curar a alma.

Reginaldo Trindade, afirmou, que depois de conseguir a cura está empenhado no MDC com outras pessoas abnegadas, pois disse estarem conscientes “que temos que ajudar as pessoas, quantas forem possíveis”, argumentou.

O movimento está crescendo, no Estado, no País e até no exterior. Aos poucos vai se consolidando, pois “estamos sendo preparados por Deus para enfrentar a difícil situação, mesmo sendo um trabalho voluntário”, concluiu Reginaldo Trindade, que disponibilizou o telefone (69) 98438-5550 a que tenha interesse em colaborar. “Participe do MDC, seja depressivo ou não, porque “fazer caridade não vem do bolso, mas do coração”.

Texto: Waldir Costa I Secom ALE/RO
Foto: Antônio Lucas I Secom ALE/RO


Depressão é objeto de discussão na Comissão de Saúde da Alero Depressão é objeto de discussão na Comissão de Saúde da Alero Reviewed by Da Redação on maio 31, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.