Mulher supostamente abusada por Daniel Alves se recusa a fazer perícia - Impacto Rondônia

Mulher supostamente abusada por Daniel Alves se recusa a fazer perícia


Com os recursos apresentados, a perícia, uma espécie de avaliação psicológica, foi barrada

Porto Velho, RO - O psicólogo contratado pelos advogados do jogador Daniel Alves para realizar uma perícia solicitada foi negado pela defesa da moça que acusa o ex-jogador Daniel Alves de estupro. Os advogados da vítima entraram com recurso para rejeitar o profissional sugerido pela defesa do atleta. O objetivo da defesa de Daniel seria determinar se os relatos apresentados pela mulher correspondem com os sintomas típicos de uma vítima de agressão sexual.

A juíza autorizou o procedimento, mas a advogada que representa a vítima tenta reverter a decisão. A defesa de Daniel teria ainda indicado um médico forense independente para examinar a mulher. Na visão de Esther García, advogada da moça, apenas o legista seria o suficiente.

A promotoria também é contrária à autorização. Com os recursos apresentados, a avaliação psicológica foi barrada. Para a defesa de Daniel, a versão da jovem teria sofrido uma suposta "distorção de narrativa".

Relembre o caso - Daniel Alves é acusado de agressão sexual. O crime teria acontecido entre os dias 30 e 31 de dezembro na boate Sutton, em Barcelona. Ele teve a prisão decretada no dia 20 de janeiro, após dar depoimento sobre o caso. A decisão foi tomada depois que o Ministério Público da Espanha pediu a prisão preventiva do jogador, sem direito a fiança.

Fonte: Portal SGC


Mulher supostamente abusada por Daniel Alves se recusa a fazer perícia Mulher supostamente abusada por Daniel Alves se recusa a fazer perícia Reviewed by Da Redação on março 23, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.