Fhemeron reforça necessidade da doação de sangue para atender demandas da saúde - Impacto Rondônia

Fhemeron reforça necessidade da doação de sangue para atender demandas da saúde


Todo tipo de sangue é bem-vindo diante das demandas em relação às transfusões de sangue para salvar vidas

Porto Velho, RO - Diante das demandas em relação às transfusões de sangue para salvar vidas, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia – Fhemeron mantém com afinco a missão de captar bolsas de sangue. Mesmo durante o período festivo de Carnaval, do feriado prolongado, a instituição manteve as portas abertas. Na segunda-feira (20), foram doadas 31 bolsas e na quarta-feira (22), outras 17.

Para o assistente social, Dimarães da Silva, o número de doações foi considerado significativo ao período, pois em dias normais, são coletadas de 50 a 60 bolsas de sangue. Mesmo assim, um apelo pertinente continua: é preciso que mais pessoas se coloquem à disposição para salvarem vidas.


O estudante Victor Batista decidiu doar sangue para ajudar um amigo

O governador de Rondônia, Marcos Rocha destacou a importância da hemorrede de sangue rondoniense, e da união para ajudar quem precisa de sangue. ‘‘Cada bolsa de sangue doada faz a diferença na vida daqueles que estão precisando, por isso é tão importante o trabalho da Fhemeron e, especialmente, que a população que atende aos critérios para doação, ajude a salvar vidas’’, afirmou.

O assistente social informou que há 62 mil doadores cadastrados no Estado, mas nem todos são fidelizados, ou seja, não fazem a doação com regularidade e o desafio é fidelizá-los, ‘‘Além de ter um grande número de pessoas aptas a fazerem doação, e que ainda não doam, por motivos que vão desde preconceitos acerca da doação em si, até o medo de doar. O que a gente pede é que doem, para que vidas de crianças, adultos e idosos continuem. Uma bolsa de sangue pode salvar até 4 vidas’’, enfatizou.

O assistente social, Dimarães da Silva destacou que há 62 mil doadores cadastrados no Estado, mas o desafio é fidelizá-los

O atendimento na Fhemeron acontece de segunda a sexta-feira, das 7h15 às 18h30, e aos sábados, das 7h15 ao meio-dia. As bolsas de sangue são destinadas para casos de urgências, emergências, cirurgias eletivas e também a atender pacientes que estão fazendo radioterapia e quimioterapia.

Segundo o assistente social, todo tipo de sangue é bem-vindo, especialmente O+ e A+, que juntos representam 70% das demandas, sendo 36% e 34%, respectivamente. Além do O- , que pode ser usado em amplos casos de transfusão.

O servidor público Manoel Raimundo Pereira Filho, 27 anos, decidiu se tornar um doador há dois anos, quando o pai precisou de sangue e mesmo o pai tendo falecido, ele continua com a missão de ajudar outras pessoas a terem a oportunidade de prolongar a vida, ‘‘É importante ajudar as pessoas’’.

Outro que também decidiu ser doador é o estudante Victor Batista, 23 anos. ‘‘Estou doando para ajudar um amigo que está internado, sempre tive essa vontade de poder ajudar aos outros. Fui orientado sobre doações regulares e estou motivado a fazer isso’’, ressaltou.

LOCAIS DE COLETA NO ESTADO:

Fundação Hemeron Porto Velho
Avenida Benedito de Souza Brito, s/nº, ao lado do Hospital de Base, Setor Industrial.
Contato: (69) 3216-2204/2234 ou 0800-642-5744.

Unidade de Coleta e Transfusão de Ariquemes
Rua Cassiterita, 3613, Centro. Contato (69) 3535-2659.

Unidade de Coleta e Transfusão de Ji-Paraná
Rua Vialagran Cabrita, 1440 – Centro. Contato (69) 3421-1615.

Unidade de Coleta e Transfusão de Rolim de Moura
Rua Tocantins, 3932, Bairro Planalto. Contato (69) 3442-1328.

Unidade de Coleta e Transfusão de Vilhena
Avenida Jô Sato, 405, Bairro Nova Vilhena. Contato (69) 3321-5147.

Unidade de Coleta e Transfusão de Cacoal
Avenida Malaquita, s/nº, Bairro Josino Brito. Contato (69) 3341-0821.

QUEM PODE DOAR?

– O doador deve pesar no mínimo 50 quilos;
– Estar alimentado, evitando alimentação gordurosa e aguardar 3h após o almoço;
– Estar em boas condições de saúde;
– Estar descansado, por pelo menos 6h nas últimas 24h;
– É necessário ter entre 16 e 69 anos completos. Menores de idade necessitam de autorização e presença do responsável legal;
– Homem pode doar até 4 vezes ao ano, em intervalos de 60 dias;
– Mulher pode doar até 3 vezes ao ano, com intervalos de 90 dias;
– Para quem doa é obrigatório apresentar documento de identificação com fotografia, emitido por órgão oficial.

IMPEDIMENTOS TEMPORÁRIOS

– Estar gripado ou com febre;
– Estar grávida ou amamentando;
– Estar em tratamento médico;
– Ter ingerido bebida alcoólica no dia da doação (12 horas);
– Ter tatuagem feita há menos de um ano;
– Ter realizado tratamento de acupuntura nos últimos doze meses;
– Ter recebido transfusão de sangue e seus derivados há menos de um ano;
– Ter feito endoscopia digestiva nos últimos seis meses;
– Ter tido malária nos últimos doze meses;

IMPEDIMENTOS DEFINITIVOS

– Ter tido Doença de Chagas;
– Ter tido hepatite após os 11 anos de idade;
– Ter sido exposto à situação ou comportamento que levem a risco, acrescido para infecções sexualmente transmissíveis.

Mais informações estão disponíveis no Portal da Fhemeron.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia
Fhemeron reforça necessidade da doação de sangue para atender demandas da saúde Fhemeron reforça necessidade da doação de sangue para atender demandas da saúde Reviewed by Da Redação on fevereiro 24, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.