Prevenção da hanseníase e reabilitação de pacientes são temas de capacitação para profissionais de saúde - Impacto Rondônia

Prevenção da hanseníase e reabilitação de pacientes são temas de capacitação para profissionais de saúde


As atividades teóricas e práticas buscam atualizar o conhecimento de profissionais da rede municipal de saúde

Porto Velho, RO - A Prefeitura de Porto Velho iniciou, nesta segunda-feira (16), a capacitação teórico-prático em Prevenção de Incapacidades e Reabilitação em Hanseníase para profissionais de saúde. A realização é da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) com o apoio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Organização sem fins lucrativos NHR Brasil.

A programação faz parte do Janeiro Roxo, mês de conscientização sobre os cuidados e contra o preconceito referente à doença. Serão dois dias de conteúdos teóricos e mais dois dias de atividades práticas, onde os profissionais de saúde terão contato com pacientes que fazem o acompanhamento na Policlínica Oswaldo Cruz.

Cláudia Junqueira é Terapeuta Ocupacional e palestrante da capacitação. Ela aponta que a intenção é atualizar o conhecimento de profissionais da rede municipal que trabalham com portadores da doença.

“Precisamos atuar na prevenção das incapacidades, realizando, inclusive, avaliações neurológicas simplificadas, que é a parte mais importante do tratamento. É através da avaliação neurológica que vai ser definida a conduta de reabilitação ou de prevenção das incapacidades dos pacientes”, declara Cláudia.

Médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem são alguns dos profissionais que estiveram presentes no primeiro dia de evento. Eles atuam nas unidades da rede de atenção primária à saúde, mas profissionais das especialidades também serão capacitados no segundo dia.

A médica Paula Grabner, que atende na Unidade de Saúde da Família José Adelino, na Zona Leste de Porto Velho, participou do treinamento neste primeiro dia. Para ela, quanto maior o conhecimento adquirido, melhor será o atendimento prestado à população.

“A gente sempre estuda, busca informação, mas nada substitui a prática, o contato com o paciente de hanseníase, que deve ter o primeiro atendimento realizado dentro da unidade básica de saúde. Por isso esse treinamento é tão importante”, aponta a médica.

Mesmo aqueles profissionais que já trabalham com pacientes de hanseníases precisam atualizar os conhecimentos, os protocolos de atuação junto ao usuário, explica a palestrante Cláudia Junqueira.

“O tratamento medicamentoso é eficiente, mas sempre há aprimoramentos nos protocolos. As avaliações vão sendo cada vez mais específicas e direcionadas para atender melhor o paciente, com menos sequelas que incapacita as pessoas e cria estigmas e preconceitos”.

Programação Janeiro Roxo 2023:

  • 16 de janeiro (10h às 11h) - Palestra de sensibilização na UPA Zona Sul
  • 16 de janeiro (16h às 17h) - Palestra de sensibilização na Unidade de Saúde Socialista
  • 17 de janeiro (10h às 11h) - Palestra de sensibilização na Maternidade Mãe Esperança
  • 17 de janeiro (16h às 17h) - Palestra de sensibilização na Unidade de Saúde Mariana
  • 16 a 19 de janeiro - Capacitação teórico-prática em Prevenção de Incapacidades e Reabilitação em Hanseníase. (16 e 17, parte teórica no Teatro Banzeiros / 18 e 19, parte prática – POC. Oswaldo Cruz).
  • 20 de janeiro - Abertura oficial da Campanha "Janeiro Roxo"
  • 20 de janeiro - Pit stop de conscientização sobre a Hanseníase - av. Sete de Setembro, com Campos Sales.
  • 27 de janeiro - Pit stop de conscientização sobre a Hanseníase - av. José Amador dos Reis em frente a USF Hamilton Gondim.


Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


Prevenção da hanseníase e reabilitação de pacientes são temas de capacitação para profissionais de saúde Prevenção da hanseníase e reabilitação de pacientes são temas de capacitação para profissionais de saúde Reviewed by Da Redação on janeiro 17, 2023 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.