Capa Editorias Destaques Rondônia Jurídico Fale Conosco Pesquisar NUMA ELEIÇÃO COM DOIS EMPATADOS RIGOROSAMENTE, DEBATE DESTA SEXTA (NA SICTV) COMEÇA A DECIDIR - Impacto Rondônia

Capa Editorias Destaques Rondônia Jurídico Fale Conosco Pesquisar NUMA ELEIÇÃO COM DOIS EMPATADOS RIGOROSAMENTE, DEBATE DESTA SEXTA (NA SICTV) COMEÇA A DECIDIR



Porto Velho, RO - Seu Jurandir e sua família, lá no interior de Theobroma, podem se tornar pessoas vitais para o futuro de Rondônia, a partir de 30 de outubro. Um grupo de operários, que trabalha numa obra em Ji-Paraná, também. A família Rodrigues, de Porto Velho, vivendo na zona leste e a família Silva, do Baixo Madeira, entram no mesmo raciocínio. Todos eles (obviamente nomes e sobrenomes inventados) nunca ficarão famosos, porque jamais se saberá se foram ou não eles querem decidiram a eleição para o governo, mas essa possibilidade real existe sim! Poucos votos serão decisivos. A nove dias da eleição decisiva, as pesquisas dos grandes institutos (mesmo que elas continuem sob suspeita, pelos graves erros do primeiro turno, em nível nacional, mas também por aqui!) deu um empate como nunca se viu na história das eleições por essas terras de Rondon. No início da semana, o instituto Real Time/Big Data rachou ao meio a intenção de votos válidos para os dois. Na totalização, foram 45 por cento para Rocha; 45 por cento para Rogério. Logo depois, o Ipec (aquele que errou muito mais, principalmente quando colocou o senador eleito Jaime Bagattoli como quinto colocado em sua pesquisa, a três dias do pleito) veio com números idênticos. Foram 45 pontos para um; o mesmo para o outro. A menos de 216 horas do pleito do domingo da próxima semana, os dois Marcos racharam o eleitorado e qualquer previsão do resultado, ao menos por esses resultados de pesquisas, será apenas estudo de futurologia.

O que vai decidir, então, a eleição para quem será o ocupante do Palácio Rio Madeira/CPA nos próximos quatro anos? Caso as pesquisas dessa vez estejam certas, o que não se pode assinar embaixo de jeito nenhum, uma frase criativa, uma denúncia sem resposta, uma palavra mal colocada, qualquer erro de estratégia, pode decidir para um lado ou para o outro. É importante destacar que, nos dois lados da disputa, há pesquisas internas que dão a vitória, até com facilidade, para aquele que a encomendou. Ou seja, nas pesquisas do grupo de Rocha, ele está reeleito. Nas de Rogério, é ele o vencedor. Agora chegou a hora da decisão. A tal ponto que dois dos principais nomes do governo Rocha (o seu chefe a Casa Civil, Júnior Gonçalves e a primeira dama e secretária de ação social, Luana Rocha) pediram exoneração de seus cargos, apenas para se dedicarem à campanha. Prudência e bom senso. No lado de Marcos Rogério, a reta final da campanha aponta para críticas ainda mais duras ao governo e ampliação na divulgação do seu plano de governo. É importante destacar: o debate desta sexta-feira, a partir das 17 horas, na SICTV/Rondônia (com transmissão simultânea da Rádio Parecis FM, também em rede estadual deve começar a decidir o pleito. Quem o eleitor achar que se saiu melhor, tem chances reais de começar a se distanciar do adversário. Agora é a Hora H. Marcos Rocha ou Marcos Rogério?

DUPLICAÇÃO DA PONTE ADE JARU, AO CUSTO DE 25 MILHÕES DE REAIS, COMEÇA A SE TORNAR REALIDADE

Os milhares de motoristas que passam por Jaru, tanto no sentido de Porto Velho quanto no de Ji-Paraná, já conseguem observar que uma obra das mais importantes, na BR 364, já começa a se tornar realidade. Passou da fase dos projetos e entrou na de execução. Poucos acreditavam que a duplicação da ponte sobre o rio Jaru saísse do papel tão cedo. Mas, graças a um trabalho duro e constante do deputado federal Lúcio Mosquini (agora reeleito para um terceiro mandato) a ponte de 207 metros de extensão e 14 de largura vai, quando pronta, reduzir em muito o perigo daquele trecho da BR, no quilômetro 423. Ali, onde o trânsito afunila, para passar pela única ponte existente, os riscos para motoristas e eventuais pedestres é enorme. Mosquini explica que começou há bastante tempo sua batalha pela duplicação, até que conseguiu emenda no valor de 25 milhões de reais, conquistados durante seu mandato. O prefeito Joãozinho Gonçalves, que junto com Mosquini e convidados tem visitado constantemente a área onde as obras iniciaram, comemora a conquista: “vejam só a importância de termos um deputado de Jaru, alinhado com a nossa gestão! Essa era uma obra necessária, mas aguardada há muitos anos. Hoje podemos comemorar, porque é realidade”. Depois de pronta, além de pistas duplicadas, a ponte também contará com acostamento, passarela para pedestres e ciclistas.

GOVERNADOR ESTÁ OTIMISTA COM A REELEIÇÃO E DIZ QUE FAZ CAMPANHA SEM ATAQUES AO ADVERSÁRIO

Otimismo, alegria, apesar do cansaço impossível de esconder. Ao participar da sabatina com os Dinossauros do Rádio, nesta quinta-feira (seu adversário, Marcos Rogério, foi o entrevistado na terça) o governador Marcos Rocha se mostrou animado com sua campanha em busca da reeleição. “A gente sente o apoio das pessoas nas ruas. Onde vamos. Tenho feito uma campanha de propostas, para cima, sem atacar o adversário. Os rondonienses têm compreendido minha mensagem, que é de um governo de paz e do bem”, afirmou o governador. Ele enumerou uma série de realizações do seu primeiro mandato, destacando que muito foi feito, menos com dois anos de pandemia, mas que pretende fazer muito mais, em todos os setores da vida do Estado, com mais um mandato. Entre outras afirmações, disse, em relação à saúde, que a obra do Hospital de Urgência e Emergência de Porto Velho já teve suas obras iniciadas; que concluirá o hospital de Guajará Mirim; construirá o de Ariquemes e que vai estadualizar o de Vilhena. Destacou também os avanços na Educação e na Segurança Pública e anunciou novos projetos para essas e outras áreas, caso reeleito, a partir do ano que vem. Rocha também destacou sua parceria com o presidente Jair Bolsonaro, para quem pediu voto no turno decisivo da eleição. Assim como já tinha feito Marcos Rogério, o governador confirmou sua presença no debate desta sexta-feira, na SICTV/Record.

CONFÚCIO SAÚDA POSSE DE PIMENTEL NA ASSEMBLEIA, COM ELOGIOS PARA “UM EMEDEBISTA RAIZ”!

Companheiro de Williames Pimentel há muitos anos, ambos do MDB, o ex-governador e senador Confúcio Moura comemorou a posse do seu ex-secretário de saúde, como deputado estadual, mesmo com grande atraso, já que, eleito, Pimentel perdeu mais de três anos e nove meses do seu mandato. Confúcio gravou um vídeo, divulgado nas redes sociais, inicialmente saudando Pimentel como “um emedebista raiz”. Confúcio chamou seu ex-secretário de “um grande gestor público”, destacando o que chamou de grande participação do agora deputado na sua gestão como governador. O hoje senador acentuou que Pimentel o ajudou muito no sucesso que teve como comandante da administração estadual. “Fizemos muitas coisas maravilhosas, graças à competência dele!”, sublinhou Confúcio. Adversário do atual governo Marcos Rocha, Confúcio certamente terá um porta voz para suas críticas no parlamento estadual. Isso ficou claro no primeiro discurso de Pimentel na tribuna, quando fez duros ataques à administração estadual, principalmente na área da saúde.

EM RONDÔNIA, BOLSONARO PODE SUPERAR OS 68 POR CENTO DOS VOTOS, SEGUNDO O IPEC

O presidente Jair Bolsonaro pode ter o maior ou o segundo maior percentual de votos do segundo turno em Rondônia. Na pesquisa Ipec, realizada esta semana (registrada sob o número RO- 08968/2022), onde foram ouvidas 800 pessoas em 26 cidades, o atual Presidente foi apontado como vencedor com mais do que o triplo das intenções de votos do seu antagonista. Ela apontou que 68 por cento dos entrevistados, pretendem votar em Bolsonaro e apenas 25 por cento no ex-presidente Lula. A margem de erro é 3 pontos percentuais, para cima ou para baixo. No primeiro turno, Bolsonaro teve 64,36 por cento (581.306 votos) e Lula chegou a 28,98 por cento, com 261.749 votos. O atual presidente teve a maior vitória percentual em Roraima (divisa com a Venezuela), com 69,57 por cento (207.587 votos) contra 23,05 de Lula, que teve 68.760 votos. Nas últimas pesquisas nacionais, incluindo os institutos que erraram feio no primeiro turno, quando davam a vitória fácil de Lula já em 2 de outubro, Bolsonaro e Lula já aparecem empatados, dentro da margem de erro. O Presidente teria dado um salto nas intenções de votos em grandes colégios eleitorais, como Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Lula continua ganhando fácil no Nordeste.

DNIT ENTREGA NOVO PORTO PARA GUAJARÁ MIRIM PARA ATENDER RIBEIRINHOS E CIDADES DO VALE DO GUAPORÉ

Guajará Mirim recebeu uma obra importante, construído pela empresa Madecon, uma das mais respeitadas no seu setor, em Rondônia. Trata-se de um pequeno porto, destinado ao transporte de passageiros e cargas. Foi uma obra importante, com investimento na ordem de milhões de reais, realizada num prazo de menos de um ano e meio. A função primordial da nova instalação, segundo informação oficial do Dnit, não é o transporte internacional ligando Guajará à Bolívia, mas sim o transporte do interior, principalmente das comunidades ribeirinhas e cidades do Vale do Guaporé. Importante é destacar que a utilização da nova área é gratuita. Não há necessidade de qualquer desembolso para utilizar toda a estrutura do pequeno porto, seja para atracação, carregamento ou descarga. O porto recém entregue era uma antiga reivindicação da comunidade de Guajará Mirim, principalmente para beneficiar populações ribeirinhas e de áreas mais distantes.

TSE CENSURA EX-MINISTRO QUE DISSE QUE LULA NÃO FOI ABSOLVIDO DE SUAS CONDENAÇÕES

Virou esculhambação. O pisoteio e o limpa pés na Constituição Federal, praticada por quem deveria defendê-la de todos os ataques, chegou a uma situação tão ridícula que seria cômica, não fosse trágica. Para demonstrar quem manda no país, não lhe importando o valor das opiniões, o TSE decidiu censurar até um vídeo de um dos seus. Ou seja, o recém aposentado ministro Marco Aurélio de Mello, que ousou dizer que não votará em Lula, porque, como magistrado, jamais votaria num condenado em todas as instâncias, está também sob censura. Suas declarações não podem ser utilizadas pelo candidato Jair Bolsonaro. No trecho censurado, o ex-ministro, agora com 76 anos, diz também que o ex-presidente “não foi inocentado”. Em 12 de outubro, o ministro Paulo de Tarso Sanseverino já havia suspendido a veiculação de um vídeo da campanha do atual Presidente que chamava Lula de “ladrão” e de “corrupto”. No caso de Marco Aurélio de Mello, ele foi o único então ministro do STF que teve coragem de confrontar decisões ditatoriais do seu colega Alexandre de Moraes, ao chamá-lo publicamente de “xerife!”.

RONDÔNIA (DE NOVO!) NO CAMINHO DA ROUBALHEIRA. PF DESCOBRE ESQUEMA DE OURO QUE FATUROU 330 MILHÕES DE REAIS

Cada enxadada, uma minhoca. Cada levantada de tapete, uma podridão. O Brasil vive hoje, muito também graças às leis amiguinhas dos criminosos, um momento inacreditável. O ano não terminou e já se pode fazer em mais de uma centena de operações da Polícia Federal, em praticamente todos os Estados do país (obviamente Rondônia está inserida e infelizmente, muito inserida neste contexto), desbaratando quadrilhas de todos os tipos de ilícitos que se possa imaginar. Do tráfico de drogas ao de armas. De golpes bilionários com bitcoins e de investimentos milionários que levaram uma grana incontável de otários que se imaginavam ricos do dia para a noite, com seus “investimentos” e ladrões de ouro, diamantes e outras riquezas da nossa região. Nesta semana, uma operação chamada de “Golden Rush” ou, numa tradução livre, Corrida do Ouro, descobriu uma quadrilha que pode ter faturado mais de 300 milhões de reais com o comércio ilegal de ouro e lavagem de dinheiro. Claro que Rondônia está entre os sete Estados onde suspeitos foram presos tiveram busca e apreensão decretados pela Justiça, em suas casas ou escritórios. Nada menos do que 118 milhões de reais em bens dos investigados foram bloqueados. A roubalheira acontecia há pelo menos cinco anos. Pena que, com o sistema legal que temos hoje, a tendência é que, em breve, todos os bandidos estejam soltos, para usufruir do que roubaram. Será que um dia isso vai mudar?

PERGUNTINHA

Na sua opinião, o que pode ser feito sobre o desrespeito à Constituição pelo TSE, que determinou a censura prévia, tirando do ar comentaristas e jornalistas da Jovem Pan, por exemplo?

Fonte: Por Sérgio Pires
Capa Editorias Destaques Rondônia Jurídico Fale Conosco Pesquisar NUMA ELEIÇÃO COM DOIS EMPATADOS RIGOROSAMENTE, DEBATE DESTA SEXTA (NA SICTV) COMEÇA A DECIDIR Capa Editorias Destaques Rondônia Jurídico Fale Conosco Pesquisar NUMA ELEIÇÃO COM DOIS EMPATADOS RIGOROSAMENTE, DEBATE DESTA SEXTA (NA SICTV) COMEÇA A DECIDIR Reviewed by Da Redação on outubro 21, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.