Emissão de boleto na empresa: veja os benefícios dessa forma de cobrança

Fazer uma boa gestão de cobranças é fundamental para garantir o recebimento dos pagamentos e evitar atrasos e inadimplência. Conhecer como funcionam os meios de pagamento e como fazer uma emissão de boleto na empresa é uma maneira de facilitar esse processo.

O boleto bancário ainda é uma das formas de pagamento mais utilizadas no Brasil. Mesmo com o crescimento do uso de cartão de crédito e a facilidade no uso de transferência através do PIX, muita gente ainda prefere a praticidade do boleto.

Isso acontece porque esse meio de pagamento é um dos mais democráticos que existem. Mesmo quem não tem cartão de crédito ou conta bancária pode pagar com boleto suas contas e compras.

Saber como emitir boleto é muito importante para quem precisa cobrar por produtos e serviços. Nesse texto, você irá conhecer os benefícios de oferecer esse meio de pagamento para os seus clientes.

Como funciona o boleto bancário?

Você sabia que o boleto só existe no Brasil? Pois é, o nosso país é o único em todo mundo que oferece essa forma de quitar as contas.

O boleto foi criado inicialmente na década de 80, mas apenas em 1993 que nasceu a versão que conhecemos hoje com código de barras. Esse código é utilizado para escanear as informações da fatura que será paga.

Para emitir um boleto bancário é preciso ter uma conta-corrente vinculada a ele para o recebimento do valor. Além disso, é preciso definir o valor do documento e uma data de vencimento.

Boleto Simples x Boleto Registrado

Até 2018, nenhum boleto era registrado. Isso significa que esses documentos não tinham registro bancário. O que permitia que as informações do boleto fossem alteradas ou excluídas sem aviso prévio, e dificultava a rastreabilidade da cobrança.

Depois de 2018, a Febraban impôs mudanças que fizeram com que todos os documentos passassem a ser registrados. O boleto registrado faz com que as informações da cobrança sejam acessadas pelas instituições bancárias.

Essas mudanças dos tipos de boleto tornaram essa forma de pagamento ainda mais segura para quem paga e recebe.

Campos do boleto bancário

O primeiro passo para emitir um boleto bancário é conhecer todos os campos que devem ser preenchidos.

A primeira parte do boleto é o recibo do pagador. Essa parte superior pode estar em qualquer formato, mas deve conter:

       Valor: quanto deve ser pago

       Vencimento: o prazo máximo de pagamento

       Beneficiário: a quem será feito o pagamento

       Pagador: quem deve pagar a cobrança

Já a parte debaixo é a ficha de compensação, que tem um formato específico, contendo os seguintes campos:

       Pagador: se refere a quem deve pagar a cobrança. Ou seja, a empresa ou pessoa física que comprou um produto ou serviço. Esse campo deve conter o Nome Completo, CPF ou CNPJ e o endereço.

       Beneficiário: é quem vai receber o valor cobrado, ou seja, quem emitiu o boleto.

       Instruções para o Caixa: esse campo não é obrigatório, mas deve ser preenchido com as informações sobre a taxa de juros e multa em caso de atraso.

       Valor do boleto bancário: neste campo vai o valor que será cobrado pelo produto vendido ou serviço prestado.

       Data de vencimento: aqui fica o prazo máximo que o pagador tem para efetuar o pagamento. Após esse prazo passam a valer os valores da multa e os juros por atraso.

       Data do documento: essa data se refere ao dia em que o boleto foi emitido.

       Código de barras: esse é o código que será usado pelo pagador para efetuar o pagamento.

       Linha digitável: a linha digitável é a representação numérica do código de barras, que também pode ser usado para pagar o boleto.

Como fazer a emissão de boleto na empresa?

Mesmo com a chegada do PIX e o maior acesso às contas digitais e cartões de crédito, muitas pessoas e empresas ainda preferem pagar suas contas com o boleto.

Afinal, essa forma de pagamento pode ser mais econômica, além de ser muito prática.

Por isso, quem tem um negócio precisa entender muito bem como funciona esse tipo de cobrança e saber como fazer a emissão de boleto na empresa.

Plataforma de emissão de boleto bancário

A emissão de boleto pode ser feita diretamente em instituições bancárias ou por plataformas de cobrança. É possível realizar o processo pela internet, por aplicativos ou internet banking.

Conheça abaixo as opções que sua empresa pode usar para emitir boletos.

Banco tradicional

A emissão de boletos é um dos serviços oferecidos pelos bancos tradicionais. Para fazer esse tipo de cobrança pode ser necessário pagar uma taxa por boleto, que pode variar de R$1 a R$ 12.

Por isso, é importante pesquisar antes de escolher qual conta você deseja abrir para sua empresa.

Banco digital

Quem tem conta em banco digital também pode utilizar esse serviço. O lado positivo é que existem algumas opções de conta que não cobram pela emissão do boleto, como é o caso da Conta Digital da Cora.

Dessa forma, o boleto também se torna uma opção mais econômica para a empresa.

Sistema de gestão de cobranças

Outra forma de emitir boletos é utilizar uma plataforma de gestão de cobranças, que facilita a organização financeira de uma empresa. Com elas é possível programar o envio de lembretes do vencimento dos boletos.

Intermediador de pagamentos

Essa ferramenta é utilizada por quem vende serviços com pagamento online, como e-commerces, por exemplo. O intermediador faz a conexão entre o cliente, o vendedor e a instituição financeira. E oferece o serviço de emissão de boletos.

Vantagens de usar o boleto bancário

Como dissemos, o boleto ainda é um dos meios de pagamento mais comuns no Brasil. Isso acontece porque mesmo com a chegada de novas formas de cobrança, o boleto continua sendo muito democrático.

Economia

Um dos pontos mais importantes do boleto é o baixo custo. Em alguns casos é possível emitir boletos de forma gratuita, fazendo uma boa economia.

Agilidade

A emissão de boletos é uma tarefa muito simples que facilita o dia a dia da empresa. Além disso, para o cliente também oferece uma grande facilidade na hora do pagamento.

Flexibilidade

A cobrança com boleto bancário permite que quem está vendendo possa oferecer descontos diretos no documento para pagamentos antes do prazo. Essa é uma forma eficiente de evitar atrasos e inadimplência.

Cobrança de multa e juros

Além de oferecer descontos, é possível também programar a cobrança de multa e a taxa de juros em caso de atrasos. Assim o cliente pode fazer o pagamento com os valores corrigidos, caso precise atrasar a conta.

Segurança

O boleto bancário também é uma opção segura para realizar as cobranças pelos produtos e serviços da sua empresa. Isso porque o risco de fraudes é bem baixo e em caso de não pagamento, esse documento permite que a empresa recorra a um protesto como último caso.

Todas essas vantagens tornam o boleto um meio de pagamento muito favorável para pequenas e médias empresas cobrarem seus clientes.

Emissão de boleto na empresa: veja os benefícios dessa forma de cobrança Emissão de boleto na empresa: veja os benefícios dessa forma de cobrança Reviewed by Admin on julho 26, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.