Rondônia e outros 16 estados têm crescimento nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave


Em 19 capitais o nível está alto, inclusive em Porto Velho

Porto Velho, RO - Os casos de covid-19 continuam crescendo no país, desde meados de abril, e já respondem por 71,2% das ocorrências de Síndrome Respiratória. Entre as 27 unidades da federação, Rondônia e outros 16 estão com indícios de crescimento na tendência de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG de longo prazo. Em 19 capitais o nível está alto, inclusive em Porto Velho. A Fiocruz frisa que, embora não se destaque no dado nacional, o vírus da gripe Influenza A mantém sinal de crescimento em diversas faixas etárias.

Segundo o boletim da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) nas quatro últimas semanas epidemiológicas analisadas, 3,5% dos casos de SRAG com comprovação laboratorial deram positivo para influenza A, 0,3% para influenza B, 12,7% para vírus sincicial respiratório e 71,2% para Sars-CoV-2. Entre os óbitos, 2,6% foram por influenza A, 0% para influenza B, 2,3% para vírus sincicial respiratório (VSR) e 91,9% para Sars-CoV-2.

Vacinação

De acordo com o boletim do último dia (21), Porto Velho já registrou 113.365 mil casos de Covid e 2.681 óbitos desde o começo da pandemia. O município atingiu 86% de cobertura vacinal na primeira dose, 77% na segunda e somente 37% na aplicação da terceira dose do imunizante contra a covid-19. Na quarta dose, porém, atingiu apenas 35%.

De acordo com a Prefeitura de Porto Velho as primeiras aplicações continuam disponíveis. Podem receber a vacina contra a covid-19 pessoas com idades a partir dos 12 anos, além da dose infantil para o público de 5 a 11 anos de idade.

Desde terça-feira (21) os profissionais da saúde de Porto Velho aplicam a 4° dose de reforço da vacina contra a covid-19 no público com idade a partir de 40 anos, seguindo orientações do Ministério da Saúde (MS).

Fonte: Diário da Amazônia

Rondônia e outros 16 estados têm crescimento nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave Rondônia e outros 16 estados têm crescimento nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave Reviewed by Admin on junho 23, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.