Pacheco diz a aliados que deve abrir CPI do Ministério da Educação


Segundo fontes, ele afirmou a aliados que as CPIs que cumprirem os requisitos de abertura serão instaladas. São três os requisitos: 27 assinaturas, orçamento e fato determinado

Porto Velho, RO - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse a interlocutores nesta segunda-feira que se a oposição cumprir todos os procedimentos para a abertura de uma CPI para investigar as denúncias de irregularidades no Ministério da Educação ele irá ler o requerimento e instalar a comissão.

Segundo fontes, ele afirmou a aliados que as CPIs que cumprirem os requisitos de abertura serão instaladas. São três os requisitos: 27 assinaturas, orçamento e fato determinado. A avaliação dele a interlocutores foi de que para abrir uma CPI do MEC faltariam apenas as assinaturas.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pretende protocolar o pedido de abertura nesta terça-feira. Até a noite desta segunda-feira havia 28 assinaturas, mas o Palácio do Planalto operava para tentar retirar alguns apoios. O senador Giordano (MDB-SP) era um dos alvos. À CNN, ele disse que não pretendia retirar: “mantenho firme a assinatura”, afirmou.

Se a CPI do MEC de fato for protocolada, Pacheco, deverá fazer uma apreciação em conjunto com outros pedidos de abertura de CPI’s que já foram protocolados. São eles a CPI das ONGs da Amazônia, apresentado em 2019 pelo senador Plinio Valerio (PSDB-AM); a CPI do Narcotráfico protocolada pelo senador Eduardo Girão (Podemos-CE) e a CPI das Obras Inacabadas do MEC apresentada pelo agora líder do governo no Senado, Carlos Portinho (PL-RJ).

Não haveria, portanto, uma precedência de uma CPI sobre outra em razão do momento em que foram protocoladas. Pacheco disse a interlocutores que a análise deverá ser regimental e não política.

As duas últimas foram protocoladas no início deste ano justamente para evitar que uma CPI para investigar o MEC fosse adiante. Em avaliações preliminares, porém, houve o entendimento de que a CPI das Obras Inacabadas do MEC carece de fato determinado, ao passo que a CPI para investigar as denúncias de corrupção ganharam força após a prisão do ex-ministro Milton Ribeiro e especialmente após o vazamento de áudios por parte dos investigados.

Fonte: CNN Brasil
Pacheco diz a aliados que deve abrir CPI do Ministério da Educação Pacheco diz a aliados que deve abrir CPI do Ministério da Educação Reviewed by Admin on junho 28, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.