Exportação de MT emplaca mais um superávit na balança comercial

Mais uma vez, a soja em grão e a China sustentaram a performance mato-grossense

Porto Velho, RO - As exportações mato-grossenses registraram novos recordes com o consolidado no mês de maio.

O saldo da balança comercial acumula, de janeiro a maio, US$ 12,2 bilhões e, além de histórico, fez com que Mato Grosso abrisse grande vantagem sobre os dois ‘concorrentes’ diretos nesse indicador: Minas Gerais (US$ 9,39 bilhões) e o Pará (US$ 7,45 bilhões).

Com os dados do último mês, Mato Grosso somou receita – recorde ao período – de US$ 14,13 bilhões e se tornou o quarto maior exportador brasileiro.

Mais uma vez, soja em grão e a China sustentaram a performance mato-grossense.

Ainda conforme dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), o superávit do Estado deriva dos resultados colhidos com as exportações – US$ 14,13 bilhões – debitando as cifras desembolsadas com as importações, que nos últimos cinco meses somou US$ 1,96 bilhão.

Nas exportações a receita estadual cresceu 32,58% na comparação anual. As importações deram um saldo de 158,8%, na mesma comparação.

Todas as cifras são inéditas para o acumulado dos primeiros cinco meses do ano.

PAUTA


Entre as principais commodities negociadas no período, a soja em grão segue em destaque e alicerçando os bons resultados até aqui.

Dos mais de US$ 14,13 bilhões faturados, US$ 9 bilhões vieram da commodity, responsável por 31,6% do faturamento global da pauta.

As cifras apontam alta de 64% ante igual momento do ano passado.

Considerando apenas o crescimento anual em receita, se destaca a carne bovina com alta de 67%, atingindo US$ 1 bilhão.

Na pauta, ocupa o 4º lugar em participação.

A liderança pertence à soja, seguida do algodão, que mesmo com queda de receita em 5,1%, faturou US$ 1,19 bilhão e participação de 8,4%.

Na terceira colocação, está o milho com receita de US$ 690 milhões, crescimento anual de 70,28% e participação de 4,9%.

Entre os destinos, a China se mantém como o maior parceiro comercial de Mato Grosso.

Somou US$6,1 bilhões em negócios, 38% mais que em 2021, e registra participação de 43,2%.

Entre os cinco maiores destinos da pauta mato-grossense estão ainda, pela ordem: Tailândia US$ 677 milhões, Países Baixos US$ 604 milhões, Espanha US$ 603 milhões e Turquia US$ 504 milhões.

Em relação às importações, a maior demanda dos mato-grossenses segue sendo por adubos e fertilizantes.

Os insumos respondem por 81% do total de quase US$ 2 bilhões movimentados.

Fonte: Por Marianna Peres, da Reportagem
Exportação de MT emplaca mais um superávit na balança comercial Exportação de MT emplaca mais um superávit na balança comercial Reviewed by Admin on junho 27, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.