Médico é investigado por injúria racial após filmar homem negro preso com correntes e algema: 'Vai ficar na minha senzala' - Impacto Rondônia

Médico é investigado por injúria racial após filmar homem negro preso com correntes e algema: 'Vai ficar na minha senzala'


Delegado vai ouvir os depoimentos do médico e do homem que aparece nas imagens. População denunciou o caso à Polícia Civil.

PORTO VELHO, RO - Um médico é investigado por injúria racial ao filmar um homem negro preso com correntes e algema na cidade de Goiás (veja o vídeo acima). A filmagem foi publicada na terça-feira (15) na rede social do profissional. O rapaz aparece com os pés acorrentados, as mãos algemadas e até o pescoço preso por um ferro.

"Falei para estudar, mas não quer. Então vai ficar na minha senzala", disse o médico enquanto filma o homem acorrentado.

O g1 não conseguiu contato com o profissional para se posicionar sobre o vídeo até a última atualização desta reportagem.

A população do município denunciou o caso à Polícia Civil. O delegado Gustavo Barreto ainda investiga a relação entre o médico e o homem.

Segundo o delegado Gustavo Barreto, a filmagem teria sido feita em um colégio na zona rural da cidade. Em outras postagem feitas pelo titular do perfil, é possível ver o médico e o homem conversando em tom de brincadeira.

"Vamos apurar se o fato se trata apenas de uma brincadeira de profundo mau gosto ou de possível prática de constrangimento ilegal ou injúria racial", ressaltou o delegado.

Fonte: G1
Médico é investigado por injúria racial após filmar homem negro preso com correntes e algema: 'Vai ficar na minha senzala' Médico é investigado por injúria racial após filmar homem negro preso com correntes e algema: 'Vai ficar na minha senzala' Reviewed by DA REDAÇÃO on fevereiro 16, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.