Ex-vereador mata esposa grávida e alega "tiro acidental"

George Breu se apresentou à polícia e foi liberado; mãe e bebê não resistiram aos ferimentos

Porto Velho, RO
- Um ex-vereador e chefe de gabinete da Câmara Municipal de Santo Estevão, na Bahia, atirou e matou a esposa grávida de nove meses no último sábado, 5, segundo a emissora local TV Bahia. Ao se apresentar à polícia, George Passos Santana, conhecido na cidade como George Breu, disse que o disparo foi "acidental". O caso está sendo investigado.

Segundo informações, Jéssica Regina Macedo Carmo chegou a ser levada para um hospital pelo marido, mas ela e o bebê não resistiram aos ferimentos. Os corpos foram enterrados no domingo, 6, no cemitério municipal da cidade.

À reportagem, a família da vítima relatou que Jéssica tinha ferimentos pelo corpo e vivia um relacionamento tóxico com George Breu.

O ex-parlamentar nega a versão e disse que os hematomas foram causados por um acidente doméstico sofrido por Jéssica. No dia do crime, George informou à polícia que o casal discutia quando "acidentalmente" ocorreu o disparo que matou sua esposa.

O delegado responsável pelo caso informou que George não ficou preso porque o prazo do flagrante venceu e acrescentou que o ex-vereador está contribuindo com as investigações.

Polícia atualiza o caso

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, 7, o delegado do caso informou que as investigações prosseguem e que aguarda os resultados dos laudos periciais, bem como de outras testemunhas que estão sendo ouvidas e de diligências que estão sendo realizadas hoje e nos próximos dias.

Questionado se a versão de George convence a polícia, o delegado disse que não descarta nenhuma linha de investigação. "Seria leviano por parte da polícia judiciária apontar o que realmente aconteceu. Nós estamos juntando todas as provas para esclarecer o que aconteceu no dia 5 de fevereiro."

Segundo o delegado, a arma do crime, uma espingarda calibre 12, também já foi apreendida e periciada e foram emitidas ordens para averiguar as câmeras no local e no entorno onde aconteceram os fatos.
Ex-vereador mata esposa grávida e alega "tiro acidental" Ex-vereador mata esposa grávida e alega "tiro acidental" Reviewed by REDAÇÃO on fevereiro 07, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.