Cantora Betty Davis, pioneira do funk, morre aos 77 anos

Influência para nomes como Prince e Madonna, artista e ex-mulher de Miles Davis foi um ícone da era de ouro da soul music

PORTO VELHO, RO - Morreu nessa quarta-feira (9), a artista americana Betty Davis, aos 77 anos, considerada uma pioneira do funk e da soul music. O falecimento, por causas naturais, foi confirmado por amigos e familiares.

“É com imensa tristeza que informamos a morte de Betty Davis, uma talentosa influenciador musical e estrela pioneira do rock, cantora, compositora e ícone da moda. Principalmente, Betty era uma amiga, tia, sobrinha e amada integrante da sua comunidade em Homestead, Pensilvânia”, escreveu Coonie Portis, amiga de Davis, em comunicado publicado no site da artista.

Nascida em 1944 na Carolina do Norte, no sul dos EUA, Davis despontou para o estrelato na década de 1960. Inicialmente, a artista compunha canções para os grupos de soul e R&B que começavam a fazer sucesso, como os Chambers Brothers. Também sustentava uma bem sucedida carreira de modelo.

Apenas em 1973 lançaria seu disco de estreia, “Betty Davis”. A obra logo chamou atenção pelo pioneirismo do som, uma das primeiras experimentações com o funk, e pelo estilo vocal de Davis, com um timbre e interpretações particulares. O sucesso rendeu hits como “Anti Love Song” e “If I’m In Luck I Might Get Picked Up”.



Ela lançaria apenas mais dois trabalhos: os álbuns “They Say I’m Different”, em 1974, e “Nasty Gal”, em 1975. Apesar da pouca produção, Davis foi influência assumida para toda uma geração. O estilo sensual e sem pudores já foi mencionado como inspiração para artistas como Madonna e Prince.

Davis também foi conhecida por suas relações. Em 1968, conheceu o músico de jazz Miles Davis, com quem se casou. Ainda que o matrimônio tenha durado cerca de um ano, gerou influências mutuas. Betty ganhou homenagens do artista, como a música “Mademoiselle Mabry”, enquanto apresentou a ele novas referências, como o rock psicodélico que influenciaria o disco “Bitches Brew”, em 1970. “Betty: They Say I’m Different”, um documentário sobre a trajetória da artista foi lançado em 2017.

Fonte: CNN Brasil
Cantora Betty Davis, pioneira do funk, morre aos 77 anos Cantora Betty Davis, pioneira do funk, morre aos 77 anos Reviewed by REDAÇÃO on fevereiro 11, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.