Batalhão de Polícia de Choque troca de comando e inaugura novo prédio da Corporação

Cerimônia de passagem de comando no Batalhão de Polícia de Choque da Polícia Militar (BPChoque)

PORTO VELHO, RO - Responsável pelas operações de pronta resposta às ações criminosas, o Batalhão de Polícia de Choque da Polícia Militar (BPChoque), em cerimônia realizada nessa quarta-feira (23), passou a ter um novo comando, assumindo o posto o major PM Antônio Rodrigues de Mato, em substituição ao major PM Rodrigo Arivabene Coelho. Além disso, houve a inauguração oficial do novo prédio da Corporação, passando assim a ter estrutura própria.

Durante a solenidade foi destacado que o BPChoque tem recebido investimentos do Governo de Rondônia com nova estrutura, aparelhamento e capacitação da tropa, o que reforça o compromisso do Poder Executivo em ter uma Segurança Pública referência no Brasil.


Governador do Estado destaca empenho para oferecer mais segurança à sociedade

“O Governo de Rondônia tem se dedicado a trazer honradez à Polícia Militar (PM). Temos tornado real o que antes eram sonhos como ter melhores salários, melhores estruturas, melhores equipamentos, e isso é para dar condições de trabalho dignas para nossas Corporações, e para que a sociedade fique mais segura”, disse o governador de Rondônia, Marcos Rocha.

Ele destacou ainda que os investimentos estão se estendendo a outras áreas de desenvolvimento e têm transformado o Estado.

MARCO HISTÓRICO

Mais de 50 policiais participaram do Curso de Especialização em Operações de Choque no ano passado, além disso, nesta gestão foram feitas locação de veículos modernos tipo pick-up para atender ações operacionais da Corporação, e foram adquiridos equipamentos.

Para completar os investimentos, foi concluída a obra do novo prédio avaliado em mais de R$ 7 milhões, e assim a Corporação passou a ter instalação própria, pois antes funcionava no mesmo prédio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Para o gestor da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), José Hélio Cysneiros Pachá, ter uma estrutura própria para o BPChoque é um marco histórico e reflete o quanto as unidades operacionais especializadas têm evoluído com os investimentos do Governo. “Com recursos destinados a melhorar estruturas e equipar as tropas, o Poder Executivo está investindo no enfrentamento à criminalidade”.


Inauguração do novo prédio do BPChoque

O secretário informou ainda que o Batalhão ganhou o nome de Ronaldo de Souza, o primeiro choquiano que morreu em combate, e causou uma grande consternação. Reforçou ainda a importância da tropa em ações essenciais para a paz na sociedade. “Antes o BPChoque era empregado em greves e manifestações, mas nesta atual gestão não tem ocorrido isso, e sim em outras ações importantes para a sociedade, a exemplo das operações de enfrentamento às instituições criminosas que invadem propriedades rurais”.

O comandante-geral da Polícia Miliar de Rondônia (PMRO), coronel PM James Alves Padilha, destacou a importância das unidades especializadas como o BPChoque. “Agradeço ao Governo e à Sesdec por ter uma estrutura para melhor acolher os profissionais do BPChoque, assim como ter materiais para que eles possam desempenhar bem suas funções. Está sendo dado os meios para fazer um trabalho adequado para à população”.

PASSAGEM DE COMANDO


O major Arivabene agradeceu pelas ideias administrativas e operações terem encontrado subsídio com recurso do Executivo Estadual, e assim ter sido possível fazer melhorias tão desejadas pela Corporação.

A trajetória recente de revitalização e valorização do BPChoque foi lembrada pelo comandante sucedido em um discurso emocionado.

“Foram seis longos e agradáveis seis anos, sendo os últimos três no comando desse Batalhão, tenho orgulho por ter trabalhado junto com pessoas honestas e leais. Enfrentamos situações complexas. Tivemos que encontrar uma nova forma doutrinária de choque para solucionar conflitos agrários e nos tornamos referência”, ressaltou o major Arivabene.

O BPChoque atuou na operação Nova Mutum, a maior de reintegração de posse que se tem notícia no Brasil.


Novo comandante, major Antônio, ressalta a importância do BPChoque para segurança da população

O novo comandante major Antônio, destacou a alegria com a nova missão. “Me sinto feliz e honrado por estar assumindo tão importante função dentro da Polícia Militar de Rondônia, que é de comandar o Batalhão de Choque, usado como último recurso do braço armado do Estado nas mais diferentes missões como controle de distúrbios sociais, intervenções em presídios e reintegrações de posse. E temos uma tropa que é uma das mais bem treinadas do Brasil. Então, temos a responsabilidade de conduzir bem esse efetivo de primeira grandeza”, afirmou major Antônio.

Ele ainda destacou que os investimentos do Governo de Rondônia tem permitido a tropa atuar bem, seja com os investimentos no administrativo, no operacional ou mesmo na capacitação dos policiais.

NOVO COMANDANTE


O novo comandante é natural de Cacoal. De 2004 a 2009, esteve como soldado da PM de Mato Grosso; De 2012 a 2014, passou a ser comandante do 1º Pelotão de Policiamento Ostensivo de Cacoal; De 2014 a 2015, serviu na Força Nacional de Segurança; De 2017 a 2019, tornou-se Comandante da 1º Companhia de Policiamento Ostensivo do 4º BPM, em Cacoal; Em 2019, serviu como chefe do Núcleo de Inteligência do 4º BPM, em Cacoal; De 2019 a 2020, assumiu o subcomando do 4º BPM; e entre 2021 e 2022, atuou como Comandante da Companhia Independente de Policiamento Ostensivo em Buritis.


Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Ėsio Mendes
Secom - Governo de Rondônia
Batalhão de Polícia de Choque troca de comando e inaugura novo prédio da Corporação Batalhão de Polícia de Choque troca de comando e inaugura novo prédio da Corporação Reviewed by REDAÇÃO on fevereiro 24, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.