Desrespeito e descaso no maior cemitério de Rondônia revolta população


Porto Velho, RO - O cemitério de Santo Antônio está literalmente morto. É incrível como entra governo, sai governo, troca gestor e ninguém dá a mínima atenção para o cuidado que o local merece.

DE LONGE
O cemitério está localizado no bairro Triângulo, às margens do rio Madeira, e quem desce a via no sentido bairro já repara de longe o abandono.

ESCONDIDAS
O mato esconde dezenas de sepulturas e algumas pessoas com mais idade e pouca lucidez que vão até o local não conseguem encontrar túmulos de familiares.

TRISTEZA
O comerciante Nadson Rodrigues, que perdeu a mãe este ano e costuma ir com frequência ao cemitério, diz que se não fosse a limpeza que ele e outros familiares realizam, a sepultura onde está sua mãe já teria “sumido”.

ANTIGUIDADE
Além da falta de respeito, o que chama atenção também é que o Cemitério Santo Antônio é um dos mais antigos e o maior no Estado de Rondônia.

100 MIL
O cemitério possui mais de 100 mil sepulturas dentro de uma área de 250 mil metros quadrados. Somente isso já seria motivo de haver um cuidado especial com o local.

POUCO CASO
Já fiz inúmeras reportagens no local desde a época de Mauro Nazif prefeito, até Hildon Chaves. Não dá pra entender o que passa na cabeça dos dito cujo que são delegados para cuidar do cemitério.

PREGUIÇA
O título acima não define exatamente o comportamento de quem está à frente da gestão do cemitério, já que o cuidado com o local é uma coisa tão óbvia. No entanto, preferi esse adjetivo para ver se alguém acorda.

OUTRO LADO
O administrador do cemitério, Gilbson Pereira, informou que a manutenção está em dia. O problema que está acontecendo seria porque recentemente ladrões teriam roubado bombas motorizadas, motosserras e roçadeiras. Gilbson disse ainda que a prefeitura está sem recursos no momento para repor os equipamentos.

OUTRO LADO 2
Duas coisas: primeiro que o ilustre administrador do cemitério deve dar expediente em um local completamente distante do Santo Antônio para dizer que a manutenção está em dia.

OUTRO LADO 3
Segundo: duvido o prefeito Hildon Chaves estar sabendo disso. Que os defuntos devem aguardar um melhor momento de recursos no caixa para que a manutenção ocorra.

OUTRO LADO 4
Seguindo na mesma linha “acredite quem quiser”, o secretário Wellem Prestes, da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), informou que providências já foram tomadas e agora aguarda a chegada dos materiais e venenos, para as equipes darem continuidade nos trabalhos.

OUTRO LADO 5
Bom, quem leu as duas manifestações dos gestores deve ter chegado a mesma conclusão que eu. Eles não se comunicam. Talvez até nem se conheçam.


Fonte: Espaço Aberto
Desrespeito e descaso no maior cemitério de Rondônia revolta população Desrespeito e descaso no maior cemitério de Rondônia revolta população Reviewed by REDAÇÃO on dezembro 31, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.